Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 26 DE MAIO DE 2018

Email
HOME
QUEM SOMOS
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  25/05/2018   Até quando exportaremos petróleo e gás e importaremos combustíveis? - A greve dos caminhoneiros e o enorme prejuízo que isto está causand...     25/05/2018   STF autoriza uso de força para desbloquear rodovias e impõe multa a quem descumprir decisão - Decisão é do ministro Alexandre de Moraes, ...     25/05/2018   Cadê o Trem? - O recente protesto dos caminhoneiros contra o aumento excessivo dos combustíveis levou vários comentaristas das mídias a t...     25/05/2018   Males do monopólio - Não dá para dizer, sem mais, que o lockout dos caminhoneiros é uma ação da direita ou está sendo por ela impulsionad...     25/05/2018   PRIVATIZAR E REDUZIR IMPOSTOS - A paralisação dos caminhoneiros no Brasil, que afeta a todos nós, é um recado para que paremos de apenas ...     25/05/2018   Temer decreta Garantia da Lei e da Ordem em todo o país - Segundo o ministro da Segurança Pública, também será autorizada a requisição de...     25/05/2018   GREVE DOS CAMINHONEIROS, A PONTA DO ICEBERG - O atual caos gerado pela greve dos caminhoneiros aflora a inexistência de um planejamento s...     25/05/2018   DEPENDÊNCIA RODOVIÁRIA - A suspensão do movimento grevista não diminui a necessidade da busca de soluções sensatas e da revisão das opçõe...     24/05/2018   Corpus recebe os primeiros caminhões 100% elétricos de sua nova frota na China - Indaiatuba (SP) — A Corpus Saneamento e Obras, empresa 1...     24/05/2018   Corpus, primeira empresa do mundo a adotar frota de caminhões 100% elétricos - Indaiatuba (SP) — A Corpus Saneamento e Obras, com sede no...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

11/01/2018

Governo enviará ao Congresso projetos para privatizar Eletrobras e reformar setor elétrico

Política

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

?

0 votos

O governo federal ainda trabalha com a perspectiva de viabilizar a privatização da Eletrobras com a aprovação de um projeto de lei no Congresso, e não apenas com uma medida provisória (MP) já publicada sobre a desestatização, que gerou reações contrárias de parlamentares, disse à Reuters uma autoridade nesta quinta-feira.

Os planos para a privatização foram divulgados em agosto, mas o constante adiamento do envio do projeto sobre a desestatização ao Congresso e a oposição de grupos de parlamentares à medida têm gerado algum ceticismo no mercado.

Segundo o secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Fábio Lopes Alves, a MP 814 publicada pelo governo no final de 2017 revogou um mecanismo que tirava a estatal e suas subsidiárias do Programa Nacional de Desestatização (PND) apenas para permitir a contratação de estudos necessários antes da desestatização.

Parlamentares criticaram a medida e acusaram o governo de tentar seguir com o processo sem consultá-los. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, chegou a dizer que não pautará a MP para votação na Casa.

“O artigo da MP que está sendo questionado não autoriza a privatizar, ele tira a vedação. Sem isso, não se consegue fazer nenhum movimento no sentido de contratar serviços necessários ao processo. Mas o projeto de lei irá para o Congresso com toda a modelagem e uma série de condicionantes”, afirmou Lopes.

O secretário disse que o PL sobre a desestatização deverá ser enviado pelo governo ao Congresso pouco antes do final do recesso parlamentar.

O governo também tem trabalhado para enviar aos parlamentares na mesma época um projeto de lei que irá propor uma reforma na regulamentação do setor elétrico.

“Isso deve ir para a Câmara antes de ela voltar às atividades. São dois projetos, deverão ir mais ou menos na mesma época, mas não como um projeto único”, disse Lopes.

O governo anunciou ainda em julho de 2017 a intenção de promover uma reforma nas regras do setor elétrico.

Mas após o anúncio dos planos de desestatização da Eletrobras, divulgados em agosto, a estatal acabou por concentrar os esforços da equipe do Ministério de Minas e Energia, que antes previa publicar a modelagem da privatização ainda em 2017.

PROCESSO DIFÍCIL
O governo tem pressa para avançar com medidas necessárias à privatização da Eletrobras porque trabalha com a ideia de concluir o processo ainda em 2018, o que possibilitaria à União arrecadar 12 bilhões de reais com o negócio neste ano.

Para apressar o andamento do tema, o governo pretendia aprovar a desestatização por meio de uma medida provisória, mas posteriormente o presidente Michel Temer optou por um projeto de lei, para reduzir resistências de parlamentares.

Em relatório na quarta-feira, a consultoria Medley Global Advisors (MGA) afirmou que a privatização da Eletrobras “não será fácil”.

A consultoria avaliou que “é muito difícil ver qualquer movimento sobre a venda da Eletrobras antes de 28 de outubro, quando acontece o segundo turno das eleições”, o que inviabilizaria a privatização neste ano e poderia causar dificuldades fiscais à União, que já conta com a arrecadação a ser gerada pela elétrica.

“Se a privatização da Eletrobras não acontecer neste ano, o governo vai precisar vir com um Plano B”, afirma o relatório da MGA.

Fonte: Reuters

 

Por REUTERS

 

Qual a sua avaliação?

0 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Compartilhar

Clique para ampliar

Leia Também

Justiça mantém decisão da ARTESP de anular aditivo contratual da Vianorte

Temer vai reunir ministros para discutir preço dos combustíveis, afirma Minas e Energia

Justiça aceita recurso da Anac e mantém execução de dívidas de Viracopos durante processo de recuperação judicial

CAP Porto Alegre realiza reunião

TCU adia julgamento de renovação de contratos no Porto de Santos

Até quando exportaremos petróleo e gás e importaremos combustíveis?

STF autoriza uso de força para desbloquear rodovias e impõe multa a quem descumprir decisão

Cadê o Trem?

Males do monopólio

PRIVATIZAR E REDUZIR IMPOSTOS

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística